SWOT vs PEST – benefícios para a gestão da qualidade

pestxswot

SWOT vs PEST – benefícios e quando utilizá-las

O que ferramentas clássicas de planejamento estratégico têm a ver com Gestão da  Qualidade? A resposta está por conta da versão ISO 9001:2015. A nova versão agrega ao nosso processo de melhoria contínua a obrigatoriedade de observarmos e analisarmos o contexto interno e externo da organização rotineiramente. É aí que entram em ação ferramentas como a Análise – ou Matriz – SWOT e a Análise PEST ou PESTLE. Elas são amplamente conhecidas e utilizadas, mas podem gerar dúvidas sobre qual delas utilizar e quando. Para decidirmos qual ferramenta atende melhor nossa necessidade é importante conhecermos suas caracteríscas e vantagens individualmente.

Saiba como desenvolver sua matriz SWOT

O que é Análise SWOT?

É uma ferramenta para análise do ambiente no qual o negócio ou projeto está inserido. Nós já falamos sobre SWOT em outro post – veja nosso post sobre a Matriz SWOT aqui – mas, é importante retomarmos alguns pontos para este artigo.

A SWOT foi pensada para observar e analisar o ambiente no qual o negócio está inserido de forma global. Assim, ela elenca o que existe de positivo e de negativo dentro do negócio e fora dele e posteriormente, analisa as possíveis interações entre estes fatores.

Para isso ela divide os fatores em quatro quadrantes que são:

– Forças: as vantagens que você tem sobre a concorrência.

– Fraquezas: areas que precisam de melhoria em comparação com seus concorrentes.

– Oportunidades: tendências externas que podem ser aproveitadas.

– Ameaças: movimentos externos que podem ter impacto negativo sobre o seu negócio.

O que é análise PEST?

A PEST é uma metodologia que foca na identificação e analise de fatores que compõem o ambiente externo no qual o negócio ou projeto está inserido. Este tipo de análise é fundamental quando se pensa em abrir um novo negócio, reposicioná-lo ou iniciar um determinado projeto, pois permite visualizarmos como os diversos atores do mercado – politicas, legilações, tendências etc. – podem nos influenciar.

Chama-se PEST por ser um acrônimo dos fatores analisados:

– Políticos: leis, questões globais, legislação e regulamentos que possam ter um efeito sobre o seu negócio imediatamente ou no futuro.

– Econômicos: impostos, taxas de juros, inflação, os mercados de ações e a confiança do consumidor, todos precisam ser levados em conta.

– Sociais: as mudanças no estilo de vida e as tendências de compra, mídia, grandes eventos, ética, publicidade e fatores de publicidade.

– Tecnológicos: inovações, acesso à tecnologia, licenciamento e patentes, fabricação, financiamento de pesquisa, comunicações globais.

A Análise PEST também é conhecida como PESTLE quando inclui os fatores:

– Legais – qualquer legislação que tenha sido proposta, que possa vir a ter efeito e qualquer legislação já aprovada.

– Ambientais (Environmental em inglês) – questões ambientais, quer localmente ou globalmente e seus fatores sociais e políticos.

Ao contrário da SWOT, esta ferramenta de análise é orientada diretamente para os fatores ambientais externos que podem afetar a posição do seu negócio, as razões por trás do crescimento ou declínio no mercado e também para a identificação de novas possibilidades para o negócio como um todo.

Quando utilizar – Vantagens e desvantagens

Enquanto a SWOT é uma ferramenta que trabalha em cima de uma visão completa do ambiente – interna e externa -, a PEST se volta primordialmente para o ambiente externo e nesta diferença residem as vantagens e desvatagens de cada uma delas.

Por trabalhar com visões internas e externas ao aplicarmos SWOT podemos deixar de perceber fatores externos com precisão. Isso acontece porque os fatores internos estão muito mais próximos da equipe e geralmente chamam mais atenção, fazendo com que a análise fique incompleta.

Como a PEST foca no ambiente externo, é mais capaz de cobrir com precisão esta área. Assim, é boa prática aplicá-la primeiro e trazer os resultados obtidos para dentro da SWOT garantindo assim uma visão integrada e ampla.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *